Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início
Viver

Ponte da Barca exige ao Governo colocao de conservador no registo civil

Outras | 18 de Abril de 2018

O presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Augusto Marinho, foi o primeiro subscritor do abaixo-assinado promovido hoje em frente aos Paços do Concelho pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Registos e do Notariado (STRN), a “exigir” a colocação de um conservador no registo civil de Ponte da Barca.

O autarca barquense fez um apelo "em particular" ao primeiro-ministro e à ministra da Justiça, enquanto "responsáveis políticos", para que resolvam prontamente esta situação.

Este abaixo-assinado surge na sequência de uma vigília e uma manifestação pacífica do STRN, realizada no dia 28 de Março em frente da Conservatória de Ponte da Barca pelo facto de existir uma conservadora designada desde Julho do ano passado para Ponte da Barca mas que nunca compareceu no local de trabalho, situação que até à data continua por resolver.

"O que a Câmara exige é que se cumpra aqui um serviço público. Que seja prestado um serviço de interesse dos cidadãos e que seja exercido com todas as condições”, afirmou Augusto Marinho, que classificou de "lamentável" a ausência, "há nove meses" de um conservador na Conservatória do Registo Civil, Predial, Comercial e Automóvel deste concelho.

"Abriram concurso, concorreram, nomearam uma pessoa que nunca assumiu o lugar.

Esta situação tem criado graves transtornos aos cidadãos, ao município, às empresas, aos profissionais da área e que urge resolver" defendeu, ainda, o autarca, exigindo celeridade na resolução deste constrangimento imposto à comunidade barquense, e devolvendo, assim, a dignidade a tão importante serviço público.