Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início
Viver

Newsletter

Homenagem ao poeta barquense Frei Agostinho da Cruz - 400 anos da sua morte

Cultura | 14 de Março de 2019

O Município presta homenagem a Frei Agostinho da Cruz, uma figura ímpar na literatura portuguesa do séc. XVI e que deixou um legado poético profundo e inspirador. De forma a preservar a memória deste ilustre barquense e assinalar quatro séculos da sua morte, o Município criou um pequeno memorial toponímico para a Praceta Frei Agostinho da Cruz.
Nos próximos meses a autarquia levará a cabo alguns eventos relacionados com Frei Agostinho da Cruz, alguns em parceria com a diocese de Setúbal e que serão divulgados oportunamente nas próximas agendas culturais. Frei Agostinho da Cruz nasceu como Agostinho Pimenta, a 3 maio de 1540 . No entanto aos 20 anos ingressa na Ordem dos Capuchos Da Arrábida, onde adopta o nome "Frei Agostinho da Cruz" e onde permanece numa vida de reclusão na Serra da Arrábida, criando uma obra poética que versa sobre a obra divina, a contemplação e o papel do Homem no mundo.