Passar para o Conteúdo Principal

Empreitadas

Educao | 06 de Setembro de 2017

Encontra-se a decorrer a Requalificação das Escolas do Ensino Básico e Secundário de Ponte da Barca. A obra, que conta com um investimento de 1.365.010,36 € contempla, essencialmente, intervenções ao nível das coberturas para a substituição de Fibrocimento e da garantia de estanquidade dos edifícios, prevendo ainda intervenções ao nível das fachadas dos imóveis com o propósito de melhorar as condições de conforto térmico, promover a reparação de elementos degradados e a conservação geral dos imóveis. No que respeita ao estabelecimento de ensino da escola básica, está prevista a beneficiação do espaço exterior do equipamento escolar, tendo em consideração que o mesmo apresenta um espaço de logradouro diminuto e a carecer de tratamento, nomeadamente para a prática desportiva, visto não existir equipamento que permita a mesma, dentro do recinto do equipamento. A empreitada tem um prazo de execução de 485 dias.

O autarca de Ponte da Barca, Vassalo Abreu, lembra que este financiamento, aprovado em 2009 'ficou a 'marinar' com o governo PSD e só agora, com o governo PS, foi possível avançar.' O autarca barquense reforça que 'foi ainda durante o governo PSD que o agrupamento de escolas muito se debateu com falta de pessoal não docente porque o Ministério da Educação insistia que os dois polos que integram o agrupamento constituem uma só escola. A situação só ficou resolvida com o governo de António Costa. Até lá, foi a Câmara que supriu a falta de funcionários com a contratação de tarefeiros´, sustentou o autarca socialista.

Investimento de 343 mil euros para transportes escolares e mais de 90 mil euros no serviço de refeições escolares

Ainda na educação, a Câmara Municipal tem garantido transportes a todos os alunos do 1º ciclo, do ensino básico e da educação pré-escolar dos alunos que frequentam os estabelecimentos de ensino do concelho, o que implica um investimento de mais de 343 mil euros só para transportes escolares. No total são 615 os alunos que beneficiam de transporte da sua residência até à escola durante o período escolar, já que a autarquia procura garantir a todos o acesso à educação, independentemente do local onde habitam ou da sua situação sócio – económica, procurando encontrar soluções, ao longo dos anos letivos, para assegurar o transporte dos alunos do Município, ultrapassando muitas vezes aquilo que a lei e as verbas atribuídas a obrigam.

Por outro lado, e no que às refeições diz respeito, a autarquia investe mais de 90 mil euros por ano nas refeições fornecidas aos alunos do pré-escolar e primeiro ciclo de ensino básico, e mantém o apoio de mais de 8 mil euros para a continuidade do Projeto de Regime de Ensino Livre da Música destinado aos alunos do 5º e 6º ano de escolaridade, resultante de um protocolo celebrado com a Academia de Música de Vila Verde.

A educação, nas suas mais variadas formas, têm assim constituído uma das grandes apostas da Câmara Municipal de Ponte da Barca ao longo dos anos, tendo sempre em vista a promoção da qualidade e igualdade de ensino no concelho.