Passar para o Conteúdo Principal

Natureza e Lazer

O reconhecimento do valor do património natural do concelho de Ponte da Barca não se limita à exuberância da vida selvagem na área do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG).

Aproximadamente metade do concelho faz parte do território do PNPG, talvez por isso a paisagem de Ponte da Barca imprime-se a cores em retinas cansadas pelo stress do quotidiano. Por todo o concelho, os rios e os ribeiros, as albufeiras, as praias fluviais, as quedas de água e o verde da paisagem da Serra Amarela revelam imagens únicas e oferecem a possibilidade de contacto directo com a natureza.

Este vasto leque de recursos naturais que Ponte da Barca tem para oferecer, tem vindo a ser aproveitado para usufruto de todos aqueles que buscam no contacto com a natureza o refúgio ao agitado ritmo urbano.

Através da oferta das mais variadas actividades ao ar livre, vocacionadas para pessoas de todas as idades e de diferentes extensão e/ou características, o aproveitamento destas actividades de desporto, de lazer e de aventura favorecem a imersão mais intima no ambiente natural e nas maneiras de viver das populações locais.

Na forma de trilhos pedestres ou de actividades desportivas como o BTT, de seguida apresentam-se percursos elaborados por várias entidades que decorrem nas paisagens rurais de Ponte da Barca, nas quais a natureza e o homem convivem há milhares de anos.

Percursos Pedestres:
Percurso Interpretativo da Serra Amarela Terras da Nóbrega Trilho de Entre Ambos-os-Rios à ErmidaTrilho Megalitismo de Britelo Trilho Penedo do Encanto Trilho de Germil Moinhos de Parada Românico - Bravães a S. Martinho de Crasto Da Barca à Ponte, um percurso pela História 


Percursos de BTT


Regras para utilização dos Trilhos:

 
  • Não saia do percurso marcado e sinalizado. Preste atenção às marcações.
  • Evite fazer ruídos e barulhos.
  • Respeite a propriedade privada. Feche portões e cancelas.
  • Não abandone o lixo, leve-o até ao respetivo local de recolha.
  • Cuidado com o gado. Não incomode os animais.
  • Deixe a natureza intacta. Não recolha plantas, animais ou rochas.
  • Faça fogo apenas nos locais destinados para este efeito.
  • Evite andar sozinho na montanha.
  • Guarde o máximo de cuidado nos dias de nevoeiro.
  • Utilize sempre botas de montanha, impermeável e um chapéu.
  • Para sua segurança e sempre que possível solicite um guia.
  • Em caso de verificação de situações anómalas contacte as autoridades competentes.



  • Percursos de Automóvel:

    Por entre vinhas e velhas tradições Aldeias serranas e vida comunitária À descoberta do Património

    Obs: A marcação, manutenção e bom funcionamento dos percursos apresentados são da responsabilidade das entidades promotoras dos mesmos.