Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Bravães



  • Presidente
    Pedro Miguel Gomes Silva

  • Secretário
  • Tesoureiro
Morada
Mosteiro

Localidade
Bravães

Código Postal
4980 - 125 Ponte da Barca

Telefone
934 312 396 / 965 632 682

Email
jfbravaes@gmail.com

HomePage
http://jf-bravaes.pt
História

Igreja / Mosteiro de Bravães - «A igreja do Mosteiro de S. Salvador de Bravães, Ponte da Barca, é, com todo o mérito, devido à grande riqueza e variedade estilística da sua escultura e pela eloquente lição que ela nos faculta para a caracterização da arquitectura desse tempo, um dos mais celebrados monumentos românicos, de Portugal.

Não haverá, entre nós, Igreja, onde, mais vibrantemente, se evidenciem as características do nosso românico rural, nem onde se mostre, mais eloquentemente, como e quanto esse estilo foi assumido, regionalizado e “nacionalizado” pelos nossos canteiros.»(Carlos Alberto Ferreira de Almeida).

A igreja que data do século XII, é um templo de nave única e capela-mor, separa­das por um arco-cruzeiro preciosamente es­culpido. Nas paredes da nave, encontram-se diversos paineis murais do século XVI dos quais se destaca o martírio de S. Sebastião. A igreja notabiliza-se, sobretudo, pelo «(...) seu portal, voltado a ocidente, constituído por cinco arquivoltas recamadas de motivos figurativos e geométricos, avul­tando, depois, no tímpano, o relevo do Cristo em majestade acolitado por dois anjos.

Os colunelos que sustentam as arquivoltas encontram-se, por sua vez, esculpidos de alto a baixo – nos capitéis, nos fustes e nas bases –,sendo de referir pela sua raridade no panorama do nosso românico, as figuras humanas que aparecem em dois fustes, frente a frente. O cordeiro místico surge, entretanto, no tímpano da porta lateral sul, enquanto no tímpano da porta norte se descobre, estilizada, a Árvore da Vida no meio de dois animais».. (Azevedo, pp. 223, 1991)

Capela de Nossa Senhora da Pegadinha - A Capela de Nossa Senhora da Pegadinha é local de romaria no primeiro Domingo de Agosto e na festa de Santo Amaro a 15 de Janeiro, do seu recinto avista-se o Vale do Lima e as paisagens dos concelhos de Arcos de Valdevez, Ponte de Lima, Paredes de Coura e Viana do Castelo.